Obama diz que FBI ainda busca motivação do atentado

Obama, que foi a Boston prestar homenagens às vítimas, discursou em cadeia de televisão momentos após a confirmação da captura de Dzhokhar Tsarnaev dentro de um barco guardado no quintal de uma casa em Watertown

Obama diz que FBI ainda busca motivação do atentado
Obama diz que FBI ainda busca motivação do atentado
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da BBC Brasil

Brasília - O presidente Barack Obama disse na noite de ontem (19) que o maior desafio das autoridades a partir de agora será descobrir o que motivou os envolvidos no atentado à Maratona de Boston e se há mais pessoas envolvidas no ataque.

Obama discursou em cadeia de televisão momentos após a confirmação da captura de Dzhokhar Tsarnaev dentro de um barco guardado no quintal de uma casa em Watertown. O outro suspeito havia morrido em confronto com a polícia.

Obama declarou que os Estados Unidos continuarão a receber pessoas de todo o mundo. O suspeito preso e seu irmão morto em confronto com a polícia eram tchetchenos que moravam no país há uma década. "Eles falharam porque nós nos recusamos a ser aterrorizados", disse o presidente norte-americano.

Obama homenageou as três pessoas mortas nos atentados e o policial assassinado pelos suspeitos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247