Obama exalta Mandela como "um gigante da justiça"

Presidente dos Estados Unidos manda recado, durante discurso em Johanesburgo em homenagem a Nelson Mandela, aos muitos líderes do mundo que alegaram solidariedade com a luta do ex-presidente sul-africano pela liberdade, "mas não toleram a dissidência de seu próprio povo"; "Embora eu me sinta sempre abaixo do exemplo de Mandela, ele me faz querer ser um homem melhor", disse Barack Obama

www.brasil247.com - U.S. President Barack Obama delivers his speech at the memorial service for late South African President Nelson Mandela at the FNB soccer stadium in Johannesburg December 10, 2013. World leaders, from U.S. President Barack Obama to Cuba's Raul Castro, wil
U.S. President Barack Obama delivers his speech at the memorial service for late South African President Nelson Mandela at the FNB soccer stadium in Johannesburg December 10, 2013. World leaders, from U.S. President Barack Obama to Cuba's Raul Castro, wil (Foto: Gisele Federicce)


247, com Reuters - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, exaltou Nelson Mandela como "um gigante da justiça" nesta terça-feira, e disse que muitos líderes do mundo alegaram solidariedade com a luta do ex-presidente sul-africano pela liberdade, "mas não toleram a dissidência de seu próprio povo".

Em discurso na cerimônia de homenagem a Mandela em um estádio de Johanesburgo, Obama fez a declaração diante de vários líderes, incluindo o vice-presidente chinês, Li Yuanchao, o presidente cubano, Raúl Castro, e o presidente do Zimbábue, Robert Mugabe.

"Embora eu me sinta sempre abaixo do exemplo de Mandela, ele me faz querer ser um homem melhor", discursou ainda Barack Obama. "Deixemo-nos buscar por sua força, sua grandeza de espírito, em algum lugar dentro de nós. E quanto a noite estiver escura, quando a injustiça pese sobre nossos corações, pensemos em Madiba", acrescentou o presidente americano.

Mandela, um dos maiores pacificadores do mundo, morreu na quinta-feira, aos 95 anos.

(Reportagem de Ed Cropley e Pascal Fletcher)

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email