Objetivo do 'acordo do século' proposto por Trump é destruir causa palestina, diz Irã

Em comunicado divulgado na quinta-feira (30) na véspera do Dia Mundial de Jerusalém, o Corpo dos Guardas da Revolução Islâmica do Irã (IRGC, sigla em inglês) advertiu sobre os propósitos do alegado plano de Donald Trump, conhecido como o "acordo do século"

Objetivo do 'acordo do século' proposto por Trump é destruir causa palestina, diz Irã
Objetivo do 'acordo do século' proposto por Trump é destruir causa palestina, diz Irã
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

HispanTV - Em comunicado divulgado na quinta-feira (30) na véspera do Dia Mundial de Jerusalém, o Corpo dos Guardas da Revolução Islâmica do Irã (IRGC, sigla em inglês) advertiu sobre os propósitos do alegado plano de Donald Trump, conhecido como o "acordo do século".

"O acordo do século é um símbolo da ignorância modernizada e um documento para atender os falsos pretendentes à democracia e aos direitos humanos. É uma ferramenta para destruir a causa palestina e a sagrada Jerusalém, e garantir a existência permanente do falso e usurpador regime de Israel", diz a nota.

Além disso, destaca que as recentes tentativas dos EUA de implementar esse acordo e seus esforços para mudar o status dos territórios ocupados fizeram a luta do povo palestino entrar em uma nova fase. "A insurreição palestina cruzou os territórios ocupados e se tornou uma luta global e internacional", observa a declaração do IRGC.

O documento também rejeita qualquer medida que não observe as demandas legítimas do povo palestino, incluindo o retorno total dos refugiados palestinos aos seus territórios, a expulsão dos ocupantes e a realização de eleições livres.

O comunicado do IRGC insta o povo iraniano a participar maciçamente das marchas do Dia Mundial de Jerusalém e reafirmar sua lealdade à causa e à nação palestina.

As passeatas do Dia Mundial de Jerusalém são realizadas todos os anos na última sexta-feira do mês sagrado do Ramadã (o nono mês do calendário lunar islâmico) para expressar solidariedade com a nação palestina em face de décadas de ocupação israelense. Esta iniciativa foi lançada em agosto de 1979 pelo fundador da República Islâmica do Irã, Imã Khomeini.

O IRGE faz este pronunciamento no momento em que o governo dos EUA e seu aliado israelense estão tentando implementar seu plano chamado "acordo do século", através do qual tentam acabar com a luta palestina.

As autoridades palestinas dizem que a solução política para o conflito na Palestina deve se basear no fim da ocupação israelense.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247