Odebrecht e Techint disputam gasoduto no Peru

Brasil e Argentina têm outra competição além da Copa do Mundo: a gigante argentina Techint e a brasileira Odebrecht foram pré-qualificadas para executar a construção de um gasoduto no Peru, obra de quase US$ 4 bilhões; o "clássico" acontecerá antes da final do Mundial, uma vez que o Peru definirá a companhia responsável pela obra no dia 30 de junho

Brasil e Argentina têm outra competição além da Copa do Mundo: a gigante argentina Techint e a brasileira Odebrecht foram pré-qualificadas para executar a construção de um gasoduto no Peru, obra de quase US$ 4 bilhões; o "clássico" acontecerá antes da final do Mundial, uma vez que o Peru definirá a companhia responsável pela obra no dia 30 de junho
Brasil e Argentina têm outra competição além da Copa do Mundo: a gigante argentina Techint e a brasileira Odebrecht foram pré-qualificadas para executar a construção de um gasoduto no Peru, obra de quase US$ 4 bilhões; o "clássico" acontecerá antes da final do Mundial, uma vez que o Peru definirá a companhia responsável pela obra no dia 30 de junho (Foto: Gisele Federicce)

247 – Três grupos foram pré-qualificados para participar no concurso de concessão do projeto para construir o Gasoduto Sul Peruano, anunciou a Agência de Promoção de Investimento Privado do Peru (ProInversión).

Os consórcios e empresas pré-qualificadas são Gasoducto Sur Peruano (formado pelas empresas Odebrecht e Enagás), Gasoducto Peruano del Sur (formado pelas empresas GDF Suez, Sempra, Techint e TGI) e a empresa Energy Transfer.

A agência afirmou que cada licitante tem ampla experiência na operação e construção de sistemas de transporte de gás natural, assim como um robusto respaldo financeiro, o que garante um concurso muito competitivo que beneficiará todo o país.

Segundo o cronograma do processo, a recepção dos envelopes numero 2 (oferta técnica) e número 3 (oferta econômica) dos licitantes pré-qualificados será no dia 26 de junho.

A abertura dos envelopes com a oferta econômica e a adjudicação será realizada no dia 30 de junho, mantendo-se o compromisso de cumprir o cronograma estabelecido nas bases do concurso.

O projeto Gasoducto Sur Peruano (GSP) consiste no design, financiamento, construção, operação, manutenção e transferência ao Estado Peruano de um sistema de transporte de gás natural com uma longitude maior a 1,000 km e um diâmetro de 32 polegadas, em três trechos.

O investimento no projeto GSP será superior aos US$ 3.600 milhões, e sua execução gerará empregos diretos para mais de 5 mil pessoas qualificadas e não qualificadas durante a etapa de construção.

Com informação da agência Andina

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247