OMS registra aumento de 11% nas mortes por Covid-19 em todo o mundo

O número de mortes globais por Covid-19 aumentou 11% na semana passada em relação à anterior, puxado pelo Brasil

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O número de mortes globais por Covid-19 aumentou 11% na semana passada em relação à anterior, com 71 mil óbitos registrados, segundo relatório epidemiológico da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgado nesta quarta-feira (7) .Por sua vez, o número de casos aumentou, embora de forma mais branda, 5% em comparação com a semana anterior, com mais de 4 milhões de infecções notificadas.

Os maiores aumentos foram no Sul da Ásia, que registrou um crescimento de 36% no número de infecções e um aumento de 46% no número de mortes em comparação com a semana anterior, devido ao grande aumento de positivos em países como a Índia.

Todas as regiões registraram aumento no número de vítimas, exceto a África, que, segundo dados da entidade, diminuiu as mortes em 20% em relação à semana anterior.

Enquanto isso, a situação da infecção na Europa melhorou após cinco semanas consecutivas de aumento, registrando 2% menos casos do que na semana anterior, embora tenha sido a quarta semana consecutiva de crescimento no número de mortes no continente europeu.

Os países europeus que mais registraram casos na última semana foram Turquia, com 265.937, um aumento de 43% em relação à semana anterior, e França, com 244.607, uma ligeira queda de 4% após o fechamento de escolas e o aperto de medidas preventivas.

Globalmente, a Índia registrou o maior número de novos casos na última semana (513.885, um aumento de 38%), seguida pelo Brasil (505.668 novos casos, um aumento de 5%) e os Estados Unidos (com 444.756 na última semana, 5% a mais que o anterior), informa o UOL.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email