ONU faz apelo por mais investimento em saúde e desenvolvimento

O presidente da Assembléia Geral da ONU em sua 74ª sessão, Tijjani Muhammad-Bande, conclamou os líderes mundiais a investirem mais em saúde, desenvolvimento social e econômico

Tijjani Muhammad-Bande, presidente da Assembleia Geral da ONU
Tijjani Muhammad-Bande, presidente da Assembleia Geral da ONU (Foto: Prensa Latina)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em meio à pandemia de Covid-19, a saúde e o desenvolvimento socioeconômico são as prioridades que não devem ser esquecidas, observou Tijjani Muhammad-Bande, presidente da Assembleia Geral da ONU.
Ele lembrou que em setembro do ano passado, uma declaração política histórica sobre a necessidade de cobertura universal de saúde foi aprovada nas Nações Unidas, informa Prensa Latina.

Agora, a Covid-19 desafia todos nós a trabalharmos de maneira diferente, e a Assembléia Geral está comprometida em fazer todo o possível, mesmo nas dificuldades atuais, para continuar servindo às pessoas, escreveu. 

Apesar das circunstâncias extraordinárias, ele ressaltou que as Nações Unidas trabalham duro para cumprir seus mandatos vitais e prestar serviços essenciais.

Em uma entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira (8), Muhammad-Bande ofereceu detalhes sobre o trabalho da Assembléia nas novas condições geradas pela pandemia.

Devido às restrições e medidas de isolamento físico, a Assembléia aplicou medidas de trabalho inovadoras, como o chamado 'procedimento de silêncio'.

Isso dá aos Estados membros pelo menos 72 horas para se oporem a um projeto de resolução ou decisão, permitindo assim aos países delinear suas posições, explicou o diplomata nigeriano.

Após consultas com os Estados membros, a ONU desenvolveu um procedimento nestes tempos de pandemia para os processos de votação secreta, sem a reunião plenária habitual.

Mohammad-Bande informou que em 17 de junho serão realizadas eleições para os novos membros não permanentes do Conselho de Segurança e para os novos membros que farão parte do Conselho Econômico e Social.

Enquanto o mundo luta contra a pandemia de Covid-19, continuamos comprometidos em promover uma resposta multilateral da ONU, enfatizou.

Desde a Assembléia Geral, acrescentou, os Estados membros continuam enfrentando uma ampla gama de problemas complexos que afetam as pessoas em todo o mundo.

A solidariedade continua sendo "nossa melhor linha de defesa e continuaremos sendo Nações Unidas, lutando juntas para alcançar o melhor para todos", afirmou.

Como enfatizado pelo atual presidente da Assembléia Geral, no ano de 2020 comemora-se o 75º aniversário da ONU, o 25º da plataforma de Pequim e do início da Década de Ação e Cumprimento da Implementação dos Objetivos do  Desenvolvimento Sustentável.

"Esses marcos exigem ação para criar um mundo melhor para todos".

Desde 27 de março, quando começaram a ser aplicadas as novas formas de trabalho, a Assembléia Geral adotou 26 resoluções e decisões sob o procedimento de silêncio.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247