ONU suspende direito de voto de Venezuela, Irã e Sudão

Antígua e Barbuda, República do Congo, Guiné, Papua-Nova Guiné e Vanuatu também tiveram o voto suspenso. Medida se deve ao não cumprimento de pagamentos

www.brasil247.com - Assembleia Geral da ONU
Assembleia Geral da ONU
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A ONU suspendeu o direito de voto na Assembleia Geral de Irã, Venezuela, Sudão, Antígua e Barbuda, República do Congo, Guiné, Papua-Nova Guiné e Vanuatu, afirmou o secretário-geral, António Guterres, nesta terça-feira (11). A medida se deve ao não cumprimento de pagamentos, e tem efeito imediato. 

A Carta das Nações Unidas afirma que os membros cujas pendências igualam ou excedem o valor de suas contribuições para os dois anos completos anteriores perdem seus direitos de voto. Contudo, também dá à Assembleia Geral a autoridade para decidir “que a falta de pagamento se deve a condições além do controle do membro”. Nesse caso, um país pode continuar a votar.

Comores, São Tomé e Príncipe e Somália poderão manter seus direitos de voto. (Com informações do VOA). 

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email