ONU suspende direito de voto de Venezuela, Irã e Sudão

Antígua e Barbuda, República do Congo, Guiné, Papua-Nova Guiné e Vanuatu também tiveram o voto suspenso. Medida se deve ao não cumprimento de pagamentos

www.brasil247.com - Assembleia Geral da ONU
Assembleia Geral da ONU


247 - A ONU suspendeu o direito de voto na Assembleia Geral de Irã, Venezuela, Sudão, Antígua e Barbuda, República do Congo, Guiné, Papua-Nova Guiné e Vanuatu, afirmou o secretário-geral, António Guterres, nesta terça-feira (11). A medida se deve ao não cumprimento de pagamentos, e tem efeito imediato. 

A Carta das Nações Unidas afirma que os membros cujas pendências igualam ou excedem o valor de suas contribuições para os dois anos completos anteriores perdem seus direitos de voto. Contudo, também dá à Assembleia Geral a autoridade para decidir “que a falta de pagamento se deve a condições além do controle do membro”. Nesse caso, um país pode continuar a votar.

Comores, São Tomé e Príncipe e Somália poderão manter seus direitos de voto. (Com informações do VOA). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email