Oposição venezuelana anuncia golpe contra Maduro

Na posse pelo controle da Assembleia Nacional da Venezuela, algo inédito desde o início do chavismo, em 1999, o opositor Henry Ramos Allup deixou claro que buscará abreviar o governo do presidente Nicolas Maduro; "Conforme havíamos dito, buscaremos num prazo de seis meses uma saída constitucional, democrática, pacífica e eleitoral para a interrupção deste governo", disse

Na posse pelo controle da Assembleia Nacional da Venezuela, algo inédito desde o início do chavismo, em 1999, o opositor Henry Ramos Allup deixou claro que buscará abreviar o governo do presidente Nicolas Maduro; "Conforme havíamos dito, buscaremos num prazo de seis meses uma saída constitucional, democrática, pacífica e eleitoral para a interrupção deste governo", disse
Na posse pelo controle da Assembleia Nacional da Venezuela, algo inédito desde o início do chavismo, em 1999, o opositor Henry Ramos Allup deixou claro que buscará abreviar o governo do presidente Nicolas Maduro; "Conforme havíamos dito, buscaremos num prazo de seis meses uma saída constitucional, democrática, pacífica e eleitoral para a interrupção deste governo", disse (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A oposição venezuelana anunciou ontem um golpe contra o governo Maduro. Na posse pelo controle da Assembleia Nacional da Venezuela, algo inédito desde o início do chavismo, em 1999, o opositor Henry Ramos Allup deixou claro que buscará abreviar o governo do presidente Nicolas Maduro:

"Conforme havíamos dito, buscaremos num prazo de seis meses uma saída constitucional, democrática, pacífica e eleitoral para a interrupção deste governo", disse.

Eleito em abril de 2013, após a morte de Hugo Chávez, o referendo sobre a permanência de Maduro se tornará plausível a partir de fevereiro. Para convocá-lo, a oposição precisaria recolher a assinatura de ao menos 20% dos 19,5 milhões de eleitores registrados.

Leia aqui reportagem de Samy Adghirni sobre o assunto.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247