Opositor venezuelano quer declarar abandono do cargo de Maduro

Recém-nomeado presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Julio Borges, disse em seu primeiro discurso nos próximos dias declarar o abandono do mandato do chefe de Estado, Nicolás Maduro; "Nos próximos dias aprovaremos por maioria desta Assembléia Nacional, a declaração do abandono de cargo por Nicolás Maduro", disse; ele também instou a Assembleia a "reconstruir um novo nexo entre os venezuelanos e as Forças Armadas"

Presidente do parlamento venezuelano Julio Borges
Presidente do parlamento venezuelano Julio Borges (Foto: Paulo Emílio)

Sputnik - O recém-nomeado presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Julio Borges, disse em seu primeiro discurso nos próximos dias declarar o abandono do mandato do chefe de Estado, Nicolás Maduro.

"Nos próximos dias aprovaremos por maioria desta Assembléia Nacional, a declaração do abandono de cargo por Nicolás Maduro", disse Borges, depois de assumir a presidência do corpo legislativo. Borges disse ainda que ainda dá tempo "de evitar a violência, mas deve-se ouvir a Constituição e as pessoas" e instou a Assembleia a "reconstruir um novo nexo entre os venezuelanos e as Forças Armadas".

O novo presidente é advogado e parlamentar desde o ano 2000, sendo reeleito sucessivamente desde então. Ele ficou conhecido por trabalhar no canal RCTV (fechado por Hugo Chávez em 2007), apresentando o programa "Justiça para Todos".

Ao vivo na TV 247 Youtube 247