Palestina adverte os EUA e Israel que não aceitará 'soberania' israelense sobre a Cisjordânia

O porta-voz da Autoridade Nacional Palestina, Nabil Abu Rudeineh, disse que o presidente Mahmoud Abbas rejeitará qualquer decisão dos Estados Unidos que viole os princípios do direito internacional

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, alertou nesta quinta-feira (23) os Estados Unidos e Israel a não ultrapassarem limites, depois de tomar conhecimento que os dois países discutirão na próxima semana em Washington o "acordo do século", que supostamente concederia a Israel soberania sobre a Cisjordânia ocupada.

"Se o plano for publicado de acordo com os detalhes revelados até agora, que rejeitamos veementemente, a liderança palestina anunciará uma série de medidas para salvaguardar nossos direitos legítimos", disse o porta-voz de Abbas.

Por sua parte, o presidente dos EUA, Donald Trump, receberá na próxima terça-feira (28) o primeiro-ministro israelense em exercício, Benjamin Netanyahu, com o objetivo de abordar a proposta dos EUA para o fim do conflito entre israelenses e palestinos, informa a Telesul.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247