Palestina se manifesta contra anúncio de Bolsonaro sobre Jerusalém

O dirigente da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Saeb Erekat (foto), se manifestou contrário ao anúncio do presidente eleito brasileiro, Jair Bolsonaro, sobre a intenção de reconhecer Jerusalém como capital de Israel

Palestina se manifesta contra anúncio de Bolsonaro sobre Jerusalém
Palestina se manifesta contra anúncio de Bolsonaro sobre Jerusalém

247, com Prensa Latina - O dirigente da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Saeb Erekat (foto), manifestou-se contrário ao anúncio do presidente eleito brasileiro, Jair Bolsonaro, sobre a intenção de reconhecer Jerusalém como capital de Israel.

O secretário geral do Comitê Executivo da OLP disse que os palestinos farão todos os esforços possíveis para evitar que isto aconteça, em cooperação com os irmãos e amigos árabes na América Latina e do Caríbe.

Erekat denunciou que a eleição do candidato de extrema direita no Brasil é parte do projeto do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Washington não só quer acabar com o projeto de um Estado palestino unido, também procura o auge do nacionalismo de direita na América Latina e na Europa.

Jair Bolsonaro prometeu que se fosse eleito presidente mudaria a embaixada de seu país em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247