Palestinos no Líbano protestam contra política de Trump

Dezenas de palestinos protestaram nesta sexta-feira (17) na cidade libanesa de Sidon contra a política do presidente estadunidense Donald Trump, que tenta impor, como de costume, o que denomina de acordo do século

Palestinos no Líbano protestam contra política de Trump
Palestinos no Líbano protestam contra política de Trump
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com Prensa Latina - Dezenas de palestinos protestaram nesta sexta-feira (17) na cidade libanesa de Sidon contra a política do presidente estadunidense Donald Trump, que tenta impor, como de costume, o que denomina de "acordo do século".

O presidente dos Estados Unidos ordenou a entrega de apenas 60 milhões de dólares em doações dos 360 que prometeu à Agência da ONU para os refugiados palestinos (URNWA).

Com essa medida, Trump pressiona na tentativa de que aceitem renunciar à causa do retorno e a recuperação de seu território ocupado pelo regime de Israel.

A manifestação desta sexta-feira concentrou-se diante do escritório da URNWA, situado no acampamento de refugiados de Ain al-Hilweh.

Em janeiro passado, o presidente estadunidense declarou por meio de uma rede social que os EUA doavam milhões de dólares, mas não recebiam reconhecimento algum nem respeito.

Trump perdeu toda credibilidade e confiança quando decidiu reconhecer Jerusalém capital israelense, violando acordos do Conselho de Segurança da ONU.

Os líderes palestinos congelaram qualquer laço com a Casa Branca após esse passo que constitui um desrespeito total para uma cidade sagrada para muçulmanos, cristãos e judeus, mas, em todo caso, capital de um futuro Estado autônomo da Palestina.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247