Papa Francisco chama aborto de "assassinato"

O pontífice, porém, criticou retaliações a quem defende o direito de escolha das mulheres

Papa Francisco em audiência no Vaticano
Papa Francisco em audiência no Vaticano (Foto: REUTERS/Remo Casilli)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Durante voo de volta da Eslováquia nesta quarta-feira (15), o Papa Francisco se colocou contra o direito de escolha das mulheres e tachou o aborto como "assassinato", segundo o jornal O Globo.

Em declaração a jornalistas, o pontífice criticou, no entanto, a retaliação de bispos católicos dos Estados Unidos ao presidente do país, Joe Biden, que é a favor da legalização do aborto, prevista em lei desde 1973 nos EUA. Tais bispos negam a comunhão ao presidente norte-americano.

'A comunhão não é um prêmio para os perfeitos. A comunhão é um dom, a presença de Jesus e de sua Igreja", falou.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email