Papa pede que EUA combatam mudanças climáticas

Papa Francisco pediu ao presidente Barack Obama que os Estados Unidos ajudem a enfrentar a mudança climática, além de pedir que os norte-americanos construamm uma sociedade verdadeiramente tolerante e inclusiva; "Também parece claro para mim que a mudança climática é um problema que não pode mais ser deixado para uma geração futura. No que diz respeito ao cuidado com nosso lar em comum, estamos vivendo um momento crítico da história", disse Francisco; Obama disse compartilhar as preocupações do papa com o meio ambiente; "Santo Padre, você nos lembra que temos a obrigação sagrada de proteger nosso planeta, a dádiva magnífica de Deus para nós", destacou

Papa Francisco pediu ao presidente Barack Obama que os Estados Unidos ajudem a enfrentar a mudança climática, além de pedir que os norte-americanos construamm uma sociedade verdadeiramente tolerante e inclusiva; "Também parece claro para mim que a mudança climática é um problema que não pode mais ser deixado para uma geração futura. No que diz respeito ao cuidado com nosso lar em comum, estamos vivendo um momento crítico da história", disse Francisco; Obama disse compartilhar as preocupações do papa com o meio ambiente; "Santo Padre, você nos lembra que temos a obrigação sagrada de proteger nosso planeta, a dádiva magnífica de Deus para nós", destacou
Papa Francisco pediu ao presidente Barack Obama que os Estados Unidos ajudem a enfrentar a mudança climática, além de pedir que os norte-americanos construamm uma sociedade verdadeiramente tolerante e inclusiva; "Também parece claro para mim que a mudança climática é um problema que não pode mais ser deixado para uma geração futura. No que diz respeito ao cuidado com nosso lar em comum, estamos vivendo um momento crítico da história", disse Francisco; Obama disse compartilhar as preocupações do papa com o meio ambiente; "Santo Padre, você nos lembra que temos a obrigação sagrada de proteger nosso planeta, a dádiva magnífica de Deus para nós", destacou (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O papa Francisco exortou os Estados Unidos nesta quarta-feira a ajudarem a enfrentar a mudança climática e pediu aos norte-americanos para construírem uma sociedade verdadeiramente tolerante e inclusiva, confirmando o viés político de sua primeira visita à nação mais rica do mundo.

Em um discurso no Gramado Sul da Casa Branca, o pontífice argentino louvou os esforços do presidente dos EUA, Barack Obama, para reduzir a poluição atmosférica, meses depois de ter feito do meio ambiente um de seus principais temas ao lançar uma encíclica inédita sobre o tópico.

"Também parece claro para mim que a mudança climática é um problema que não pode mais ser deixado para uma geração futura. No que diz respeito ao cuidado com nosso lar em comum, estamos vivendo um momento crítico da história", afirmou o líder católico em uma cerimônia de boas-vindas ao lado de Obama.

Além do meio ambiente, Francisco tocou em vários assuntos da pauta política norte-americana para a eleição presidencial de novembro de 2016, como imigração, desigualdade e liberdade religiosa.

Em uma era de renovação das tensões raciais no país, ele invocou o mais célebre líder dos direitos civis dos EUA, o falecido Martin Luther King, para fazer comentários sobre a questão ambiental e a igualdade.

Em um dia ensolarado no qual as ruas de Washington foram interditadas e os servidores federais tiveram folga, cerca de 15 mil pessoas se reuniram no Gramado Sul e ouviram o papa, de 78 anos, discursar em inglês.

Mais uma vez ele demonstrou simplicidade ao chegar ao local no pequeno Fiat preto que usou em sua chegada à capital norte-americana, na terça-feira.

Francisco é um crítico frequente dos danos causados pelos excessos do capitalismo aos pobres do mundo e ao clima global.

Obama, cujos planos para lidar com a mudança climática foram frustrados no Congresso em seu primeiro mandato, disse compartilhar as preocupações do papa com o meio ambiente.

"Santo Padre, você nos lembra que temos a obrigação sagrada de proteger nosso planeta, a dádiva magnífica de Deus para nós", disse Obama em seu discurso.

"Apoiamos seu apelo para que todos os líderes mundiais apoiem as comunidades mais vulneráveis a um clima em alteração e se unam para preservar nosso precioso mundo para as gerações futuras".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247