“Paredes do Vaticano não têm apenas ouvidos”

"Estamos vivendo sob o impacto do 'Caso do Rosário do Papa', em que se misturam o compromisso libertário de Francisco, a má vontade dos conservadores católicos contra ele, que por vezes chega ao ódio, a fúria da mídia conservadora e seus acólitos no Brasil contra Lula, e também contra a mídia alternativa e independente", escreve Flavio Aguiar na Rede Brasil Atual

Papa Francisco
Papa Francisco (Foto: Paulo Emílio)

247 - "Há uma anedota fictícia sobre um papa, também fictício, que deve receber uma visita, digamos, não ortodoxa, e que deve permanecer secreta" escreve Flavio Aguiar, na Rede Brasil Atual. "A certa altura, diz o papa a seu secretário que deve fazer os arranjos para a visita: 'Ela (a visita) deve vir com as orelhas tampadas'. 'Por que?', pergunta o secretário. 'Porque', responde o Papa, 'todas as paredes do mundo têm ouvidos, mas as do Vaticano também têm boca e sussurram segredos'.

Saindo da anedota e entrando na vida real, estamos vivendo sob o impacto do 'Caso do Rosário do Papa', em que se misturam o compromisso libertário de Francisco, a má vontade dos conservadores católicos contra ele, que por vezes chega ao ódio, a fúria da mídia conservadora e seus acólitos no Brasil contra Lula, e também contra a mídia alternativa e independente, e a conduta obtusa e despudorada dos golpistas que querem isolar e se possível triturar seu preso político nº 1, o ex-presidente".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247