Pentágono confirma realização de ataque a terroristas em Idilib, na Síria

"Essa operação visava líderes da AQ-S responsáveis por ataques que ameaçam cidadãos dos EUA, nossos parceiros e civis inocentes", disse o Pentágono em um breve comunicado citado pela AFP

Rússia anuncia cessar-fogo em Idlib, região síria
Rússia anuncia cessar-fogo em Idlib, região síria

Sputinik - Os Estados Unidos confirmaram neste sábado que realizaram um ataque contra líderes jihadistas da Al-Qaeda na Síria (AQ-S), a Hurras ad-Din (organização proibida na Rússia e em vários países), perto da cidade de Idlib, no noroeste da Síria.

"Essa operação visava líderes da AQ-S responsáveis por ataques que ameaçam cidadãos dos EUA, nossos parceiros e civis inocentes", disse o Pentágono em um breve comunicado citado pela AFP.

​No início deste mês, o Exército Sírio lançou uma ofensiva na província, citando violações constantes de um cessar-fogo por parte dos militantes, e libertou vários assentamentos, incluindo Khan Sheikhoun, que serviu como um bastião para milícias antigovernamentais e grupos terroristas durante anos.

A imprensa local informou mais cedo que a coalizão internacional lançou um ataque com mísseis contra a sede do Hurras ad-Din. Mas ataques dos EUA a alvos extra-Daesh (grupo terrorista também proibido na Rússia e em vários países) na Síria têm sido raros, já que esse seria o foco principal da coalizão.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247