Pentágono ganha contrato para produzir máscaras nos Estados Unidos

O número total de casos de COVID-19 nos EUA ultrapassou a marca de meio milhão, com mais de 20.000 mortes registradas

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik – O Pentágono gastará US$ 133 milhões (R$ 680 milhões) para aumentar a produção interna de máscaras N95 em mais 39 milhões nos próximos 90 dias, comunicou o tenente-coronel Mike Andrews.

Aparentemente, a medida foi conduzida sob a Lei da Produção de Defesa, aprovada em 1950 concedendo ao presidente dos EUA "o poder de expandir a produção industrial de materiais ou produtos essenciais para segurança nacional e outras razões", segundo a Reuters.

As empresas envolvidas devem ser identificadas pelo Pentágono assim que o contrato for fechado, ressaltou Andrews, citando os esforços das entidades militares para ajudar a fornecer mais máscaras aos norte-americanos.

O número total de casos de COVID-19 nos EUA ultrapassou a marca de meio milhão, com mais de 20.000 mortes registradas. No mundo todo há 1,8 milhão de casos e 112.241 mortes pela COVID-19, segundo o painel da Universidade Johns Hopkins.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247