Perdeu, Obama: Crimeia declara independência

Decisão foi tomada pelo parlamento neste terça-feira, antes mesmo do referendo marcado para o próximo domingo; dos 100 membros do parlamento, 78 votaram a favor da decisão, que está de acordo com normas internacionais; golpe de Estado na Ucrânia, que teve apoio do Ocidente, produziu um país menor; representantes do parlamento também anunciaram que adotarão o rublo, moeda da Rússia, como sua divisa

Decisão foi tomada pelo parlamento neste terça-feira, antes mesmo do referendo marcado para o próximo domingo; dos 100 membros do parlamento, 78 votaram a favor da decisão, que está de acordo com normas internacionais; golpe de Estado na Ucrânia, que teve apoio do Ocidente, produziu um país menor; representantes do parlamento também anunciaram que adotarão o rublo, moeda da Rússia, como sua divisa
Decisão foi tomada pelo parlamento neste terça-feira, antes mesmo do referendo marcado para o próximo domingo; dos 100 membros do parlamento, 78 votaram a favor da decisão, que está de acordo com normas internacionais; golpe de Estado na Ucrânia, que teve apoio do Ocidente, produziu um país menor; representantes do parlamento também anunciaram que adotarão o rublo, moeda da Rússia, como sua divisa (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Terminou mal a aventura do governo de Barack Obama no Leste Europeu. Nesta terça-feira, a Crimeia declarou sua independência da Ucrânia, cujo governo democraticamente eleito foi derrubado por um golpe de Estado apoiado pelo Ocidente.

A decisão da Crimeia, tomada por 78 dos 100 representantes do parlamento, veio antes mesmo do referendo marcado para o próximo domindo que irá definir se a região será anexada pela Rússia.

Leia, abaixo, um trecho da declaração do parlamento:

"Nós, os membros do parlamento da República Autônoma da Cirmeia e do conselho da cidade de Sebastopol, tendo em vista o capítulo das Nações Unidas e diversos documentos internacionais, assim como a confirmação do status de Kosovo pela corte internacional de Justiça das Nações Unidas, em 22 de julho de 2010, que determina que a declaração unilateral de independência por uma parte de um país não viola nenhuma norma internacional, tomamos esta decisão". 

A partir de agora, a Crimeia já se declara uma República Independente – e não mais autônoma. Outra decisão tomada foi a adoção do rublo, moeda da Rússia, como sua divisa. No domingo, um referendo irá determinar se a Crimeia será ou não anexada à Rússia – proposta que conta com amplo apoio popular.

Leia ainda o artigo "Entenda por que a Crimeia quer e deve ser russa"

Entenda também como foi o golpe na Ucrânia, que resultou num país menor, lendo "A nova receita dos golpes de Estado made in USA".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email