Pizzolato depõe sobre operador de Berlusconi

Condenado na AP 470, ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato também é investigado por supostos negócios em conjunto com Valter Lavitola sobre empresas de telecomunicações italianas no Brasil; ele é acusado de ter articulado esquemas financeiros envolvendo o ex-premiê italiano Silvio Berlusconi

Condenado na AP 470, ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato também é investigado por supostos negócios em conjunto com Valter Lavitola sobre empresas de telecomunicações italianas no Brasil; ele é acusado de ter articulado esquemas financeiros envolvendo o ex-premiê italiano Silvio Berlusconi
Condenado na AP 470, ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato também é investigado por supostos negócios em conjunto com Valter Lavitola sobre empresas de telecomunicações italianas no Brasil; ele é acusado de ter articulado esquemas financeiros envolvendo o ex-premiê italiano Silvio Berlusconi (Foto: Roberta Namour)

247 – Detido na Itália, o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato prestou depoimento à Justiça Italiana sobre suposta relação com Valter Lavitola, operador do ex-premiê italiano Silvio Berlusconi.

Condenado na AP 470, Pizzolato é investigado por supostos negócios em conjunto com Lavitola sobre empresas de telecomunicações italianas no Brasil.

O italiano foi acusado de ter atuado em esquemas financeiros envolvendo Berlusconi, recentemente condenado a trabalhos sociais.

Também é acusado de ter pago US$ 24 milhões em propinas às autoridades do Panamá para fechar a compra de radares e outros equipamentos militares da gigante industrial italiana Finmeccanica.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247