Pompeo diz que EUA só ajudarão o Brasil contra pandemia após situação interna melhorar

Aliado de Jair Bolsonaro, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, afirmou que os EUA farão de tudo para conseguir os insumos médicos de que precisam. Segundo ele, qualquer ajuda ao Brasil nesta direção somente será feita quando a situação norte-americana melhorar

Pompeo: EUA não cruzarão os braços quanto as ações da Rússia na Venezuela
Pompeo: EUA não cruzarão os braços quanto as ações da Rússia na Venezuela (Foto: REUTERS/Eloisa Lopez)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, afirmou que a guerra comercial em busca de recursos médicos para combater a pandemia do novo coronavírus deverá continuar e que os EUA farão de tudo para conseguir os insumos que precisam e que, qualquer ajuda ao Brasil nesta direção somente será feita quando a situação norte-americana melhorar. 

"O povo brasileiro pode contar com os EUA quando 'virarmos a esquina' e aumentarmos a produção americana para todos os itens restritos, que vão de respiradores, testes, tudo o que é necessário. Quando chegarmos lá, o Brasil deveria saber que faremos tudo o que pudermos para ter certeza de que eles têm o que precisam”, disse Pompeo nesta terça-feira (14). 

Declaração de Pompeo veio na esteira das perguntas feitas por jornalistas sobre as denúncias de confisco de equipamentos e insumos médicos que seriam destinados ao Brasil por parte dos EUA. Pompeo disse que não há confisco mas ressaltou que “os EUA estão tentando se certificar de que há equipamentos para sua população, e isso é o que todos os líderes estão fazendo, é o que o presidente Bolsonaro está fazendo e o que todos os líderes latino-americanos estão fazendo".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247