Pompeo diz que EUA vão intervir na América Latina para conter protestos

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse durante evento que os governo de Donald Trump vai intervir nos países da América Latina para ajudar a conter protestos contra os governos aliados

Mike Pompeo
Mike Pompeo (Foto: Mandel Ngan/Pool via Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, afirmou que Washington vai "ajudar" os governos da América Latina que eles consideram "legítimos" para evitar que protestos.

Com o aumento das desigualdades e a escalada autoritária, países da América Latina como Bolívia, Chile, Colombia e Equador vivem um momento de conflagração social com massivos protestos exigindo mudanças.

Para os governo dos EUA, tais manifestações representam um perigo para os governo aliados. A declaração de Pompeo foi durante sua participação na Universidade de Louisville, em Kentucky, nesta segunda-feira (2).

O ministro disse que a intervenção dos EUA é porque os protestos "não refletem a vontade democrática do povo".

Pompeo justificou a atuação do país no que chamou de controle de disturbios porque os EUA, segundo ele, representa os "maior exemplo de democracia da história do mundo".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email