Prefeito polonês é assassinado a facadas em ato público

O prefeito da cidade polonesa de Gdansk, Pawel Adamowicz, morreu nesta segunda-feira (14), um dia depois de ter sido esfaqueado diante de uma multidão durante um evento beneficente que procurava levantar doações para hospitais. Os golpes atingiram seu coração e abdômen

Prefeito polonês é assassinado a facadas em ato público
Prefeito polonês é assassinado a facadas em ato público
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

DW Brasil - O prefeito da cidade polonesa de Gdansk, Pawel Adamowicz, morreu nesta segunda-feira (14), um dia depois de ter sido esfaqueado diante de uma multidão durante um evento beneficente que procurava levantar doações para hospitais. Os golpes atingiram seu coração e abdômen.

O ataque ocorreu quando o prefeito estava no palco. Depois do esfaqueamento, o agressor pegou o microfone para dizer que, com o seu ataque, buscava se vingar por ter sido "injustamente preso e torturado pelo partido Plataforma Cidadã".

Adamowicz, de 53 anos, era membro do principal partido da oposição na Polônia, a força liberal de centro-direita Plataforma Cidadã, e prefeito de Gdansk desde 1998. Em 2018, ele foi reeleito novamente com 65% dos votos.

Identificado como Stefan W., o agressor é um jovem de 27 anos que foi condenado em 2014 a cinco anos e meio de prisão por tentativa de assalto à mão armada a um banco. Ele era réu confesso e foi solto no mês passado.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247