Premiê do Japão dissolve Câmara para eleição antecipada

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, dissolveu nesta sexta-feira a Câmara baixa do Parlamento do país para realização de uma eleição antecipada em 14 de dezembro, em busca de renovar a aprovação para sua estratégia econômica "Abenomics", que enfrenta dificuldades dois anos após eles ter retornado ao poder prometendo recuperar o país

Primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, durante coletiva de imprensa em Tóquio. 18/11/2014. REUTERS/Toru Hanai
Primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, durante coletiva de imprensa em Tóquio. 18/11/2014. REUTERS/Toru Hanai (Foto: Leonardo Attuch)

Reuters - O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, dissolveu nesta sexta-feira a Câmara baixa do Parlamento do país para realização de uma eleição antecipada em 14 de dezembro, em busca de renovar a aprovação para sua estratégia econômica "Abenomics", que enfrenta dificuldades dois anos após eles ter retornado ao poder prometendo recuperar o país.

Abe prometeu retomar o crescimento econômico combinando uma política monetária fortemente expansionista, gastos do governos e reformas, além de seguir em frente com os planos para reduzir a enorme dívida pública do Japão.

Mas os questionamentos ao plano têm crescido, especialmente após dados terem mostrado esta semana que a economia japonesa entrou em recessão no terceiro trimestre, de forma inesperada, após uma alta no imposto sobre vendas em abril.

(Por Linda Sieg e Elaine Lies)

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247