Presidente da Argentina se solidariza com Bolsonaro por Covid e manda recado: 'estamos todos ameaçados e devemos ter cuidado'

"Esse vírus não distingue governantes de governados", escreve Alberto Fernández em carta a Jair Bolsonaro, acrescentando que os povos têm enfrentado essa "tragédia com força e responsabilidade". Leia a íntegra

Alberto Fernandez e Jair Bolsonaro
Alberto Fernandez e Jair Bolsonaro (Foto: Reuters | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Argentina, Alberto Fernández, publicou uma carta a Jair Bolsonaro se solidarizando pelo fato de o teste do presidente brasileiro para Covid-19 ter dado positivo, segundo disse o chefe do Palácio do Planalto em coletiva hoje a jornalistas.

A carta de Fernández, que tem combatido a pandemia com seriedade e reduzido o número de casos no país vizinho, também manda recados ao mandatário brasileiro, que chama a doença do coronavírus de "gripezinha".

"A periculosidade desta pandemia se manifesta nos nível de contágio. Esse vírus não distingue governantes de governados. Todos e todas estamos ameaçados e por isso devem se intensificar os cuidados", diz um trecho do texto.

Em outro momento, ele diz que "esse vírus não distingue governantes de governados" e que os povos têm combatido essa "tragédia com força e responsabilidade". Confira a íntegra:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email