Presidente da Polônia, ícone do bolsonarismo, quer proibir adoção de crianças por casais gays

Presidente da Polônia e candidato à reeleição, Andrzej Duda, quer mudar a constituição para impedir que casais gays possam adotar filhos. Proposta acontece às vésperas do segundo turno da eleição presidencial

Andrzej Duda
Andrzej Duda (Foto: REUTERS/Kacper Pempel)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Aliado de Jair Bolsonaro, o presidente da Polônia e candidato à reeleição, Andrzej Duda, quer mudar a constituição para impedir que casais gays possam adotar filhos. A proposta acontece às vésperas do segundo turno da eleição presidencial, marcada para o próximo domingo (11). O prefeito de Varsóvia e candidato da oposição, Rafal Trzaskowski, da Plataforma Cívica, também disse ser contrário a adoção de crianças por casais homossexuais. 

Andrzej  Duda é aliado do Partido Nacional da Lei e Justiça, de linha conservadora, que qualifica os direitos LGBT como fruto de influência estrangeira sobre os valores tradicionais do país. 

Segundo reportagem do jornal O Globo, as alterações na constituição polonês só podem ser feitas com a maioria entre dois terços da câmara baixa do parlamento. O Partido Nacional da Lei e Justiça, porém,  possui uma maioria pequena e não possui assentos suficientes para mudar a constituição. 

Duda vem buscando apoio junto a partido menores, ligados à extrema direta, para conseguir ampliar a base e promover as mudanças constitucionais. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email