Presidente de Cuba se diz honrado por relações elevadas com a China

O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, fez um elogio neste domingo às relações de amizade de alto nível com a China

Xi Jinping e Díaz-Canel
Xi Jinping e Díaz-Canel (Foto: Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Por meio de sua conta no Twitter, o presidente de Cuba Miguel Díaz-Canel lembrou que a nação caribenha foi o primeiro país do Hemisfério Ocidental a estabelecer relações com a República Popular da China.

“Estamos honrados por nossa amizade com a China. É uma expressão da independência da nossa política externa ', escreveu o chefe de Estado cubano.

Ambos os países comemoram este ano o 60º aniversário do estabelecimento de relações diplomáticas.

Como parte das atividades para homenagear a data, uma medalha comemorativa, feita pela Fundação China para a Paz e o Desenvolvimento e a Zhongyulidu Cultural Enterprise, foi apresentada em Pequim, informa a Prensa Latina.

Da mesma forma, foi lançada uma edição especial da revista Lookwe, além de uma edição de artigos cubanos e uma coleção de chá Pu'er (vermelho) com xícaras e bules artesanais.

Além das recepções oficiais, a programação festiva vai até outubro com seminários acadêmicos, oficina de relações econômico-comerciais e atividades que também servirão de homenagem à cultura cubana. 

Em setembro de 1960, o líder histórico da Revolução Cubana, Fidel Castro, propôs o fim dos laços com o governo refugiado de Taiwan, para estabelecê-los com a República Popular da China, que havia triunfado em 1949 sob o comando de Mao Tsetung. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247