Presidente do Irã defende papel dos Guardiões na luta contra o terrorismo

O presidente do Irã, Hassan Rohani, defendeu nesta terça-feira (9) que os Guardiões da Revolução sempre tiveram um "papel de liderança" na luta contra o terrorismo e assegurou que sua popularidade no país aumentará após a designação deste corpo militar de elite como grupo terrorista pelos Estados Unidos

Presidente do Irã defende papel dos Guardiões na luta contra o terrorismo
Presidente do Irã defende papel dos Guardiões na luta contra o terrorismo (Foto: Stephanie Keith/Reuters)

EFE - O presidente do Irã, Hassan Rohani, defendeu nesta terça-feira (9) que os Guardiões da Revolução sempre tiveram um "papel de liderança" na luta contra o terrorismo e assegurou que sua popularidade no país aumentará após a designação deste corpo militar de elite como grupo terrorista pelos Estados Unidos.

"Os Guardiões da Revolução sempre lutaram contra o terrorismo, enquanto esses terroristas foram criados e financiados pelas potências hegemônicas (EUA)", enfatizou o líder, em um discurso transmitido ao vivo pela televisão estatal.

Rohani denunciou que os EUA "nos últimos 40 anos planejaram inúmeros atos contra a nação iraniana e todos falharam" e que, para compensar esses revezes, eles classificaram a Guarda Revolucionária como um grupo terrorista.

Em sua opinião, a decisão de Washington é "um erro", uma vez que não será capaz de quebrar a unidade do Irã e "a partir de agora a popularidade dos Guardiões crescerá entre o povo iraniano".

O presidente iraniano também denunciou que os EUA desempenham um "papel de liderança na disseminação do terrorismo no mundo" e que as tropas americanas "sempre foram uma força de intervenção na região".

"Suas conspirações não afetarão a região", disse Rohani, citando as sanções impostas por Washington contra o Irã e suas decisões em favor de Israel sobre Jerusalém e as ocupadas Colinas de Golã, na Síria.

O presidente americano, Donald Trump, decidiu na segunda-feira (8) designar a Guarda Revolucionária iraniana como grupo terrorista, ao que o Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irã respondeu catalogando também de terroristas as tropas norte-americanas no Oriente Médio.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247