Presidente do Irã diz que não se renderá aos EUA

O presidente iraniano, Hasan Rohani, afirmou nesta quinta-feira (22) que seu país nunca se renderá à intimidação dos EUA e instou a superpotência norte-americana a mudar suas políticas erradas

Hasan Rohani
Hasan Rohani (Foto: HispanTV)

HispanTV - O presidente iraniano, Hasan Rohani, afirmou nesta quinta-feira (22) que seu país nunca se renderá à intimidação dos EUA e instou a superpotência norte-americana a mudar suas políticas erradas.

Na cerimônia de apresentação do novo sistema de defesa aérea iraniano, Bavar 373, Rohani declarou que a administração do presidente dos EUA, Donald Trump, com sua saída do acordo nuclear iraniano, violou todas as leis e regulamentos internacionais.  

Da mesma forma, Rohani pediu aos Estados Unidos que mudem suas políticas erradas, respeitem a nação iraniana e levantem as sanções.  “Os EUA acreditavam que com a pressão sobre empresas estrangeiras e nações, poderia gerar terrorismo econômico em poucos meses (...) A retirada dos Estados Unidos do pacto nuclear com o Irã significa violação de seus compromissos e violação de leis e direitos internacionais ”, disse o presidente persa, durante um discurso nesta quinta-feira naquele evento.   

O chefe do Executivo iraniano condenou as conspirações fracassadas do governo Trump contra a República Islâmica, além de reiterar que os EUA fracassarão no futuro.  

Da mesma forma, ele enfatizou que Teerã responderá à força com força e à lógica com lógica. "A linguagem da força não pode ser respondida com lógica", disse ele.  Desde sua saída unilateral do pacto nuclear selado em 2015 entre Teerã e o Grupo 5 + 1 (então formado pelos EUA, Reino Unido, França, Rússia e China, mais a Alemanha), Washington intensificou sua campanha de pressão econômica e midiática contra a República Islâmica.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247