Principal infectologista dos EUA prevê decisão sobre vacina em dezembro e vacinação em 2021

O infectologista Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos (Niaid), afirmou neste domingo que só será possível decidir sobre a vacina contra Covid-19 em dezembro. A opinião enterra as pretensões de Donald Trump de usar a vacina como arma eleitoral

Anthony Fauci e Donald Trump
Anthony Fauci e Donald Trump (Foto: Leah Millis / Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A eficácia e a segurança de uma vacina contra Covid-19, poderá ficar demonstrada em dezembro e a vacinação ampla se realizar apenas em meados de 2021, afirmou neste domingo (25) o infectologista estadunidense Anthony Fauci. 

“Saberemos se uma vacina é segura e eficaz entre o fim de novembro e o início de dezembro”, disse Fauci, segundo o Estado de S.Paulo. "Quando se fala em vacinar uma parte substancial da população, para que se possa ter um impacto significativo na dinâmica da epidemia, é muito provável que não aconteça até o segundo ou terceiro trimestre do ano (de 2021)”.

A opinião de Fauci, que é especialista da Casa Branca durante a pandemia e uma das maiores referências dos EUA no assunto, enterra os planos de Donald Trump de usar a vacina como arma eleitoral. A eleição nos Estados Unidos é em 3 de novembro.

Na última sexta-feira (23), a AstraZeneca e a Johnson & Johnson anunciaram a retomada dos testes de suas vacinas, nos Estados Unidos — ambas já na última fase. Elas haviam interrompido as testagens por doenças graves detectadas em alguns voluntários. 

Os testes da AstraZeneca ficaram parados durante seis semanas e os da Johnson & Johnson por 11 dias. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247