Putin pede que EUA enviem provas de interferência em eleições

Presidente russo, Vladimir Putin, disse aos Estados Unidos para que enviem para ele evidências incontestáveis de que cidadãos da Rússia influenciaram as eleições norte-americanas, classificando as acusações como"gritaria no Congresso dos EUA; gabinete do Conselheiro Especial dos EUA Robert Mueller acusou  13 russos e três empresas de interferirem nos resultados da eleição presidencial de 2016, no que chamou de conspiração para ajudar a eleger o presidente Donald Trump;"Primeiro preciso ver o que eles fizeram. Deem-nos materiais, informações", disse

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante evento em Moscou 01/03/2018 REUTERS/Maxim Shemetov
Presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante evento em Moscou 01/03/2018 REUTERS/Maxim Shemetov (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O presidente russo, Vladimir Putin, disse aos Estados Unidos para que enviem para ele evidências incontestáveis de que cidadãos da Rússia influenciaram as eleições norte-americanas, classificando as acusações contra seu país como"gritaria no Congresso dos EUA".

O gabinete do Conselheiro Especial dos EUA Robert Mueller acusou no mês passado 13 russos e três empresas de interferirem nos resultados da eleição presidencial de 2016, no que chamou de conspiração para ajudar o presidente Donald Trump e prejudicar a candidata Hillary Clinton.

"Primeiro preciso ver o que eles fizeram. Deem-nos materiais, informações", disse Putin em uma entrevista à NBC transmitida na sexta-feira, de acordo com a tradução da emissora.

"Não podemos responder a isso se eles não violaram as leis russas", disse Putin, quando perguntado se Moscou tomaria atitudes contra os envolvidos.

A entrevistadora listou algumas acusações de interferência registradas por Mueller e outras autoridades norte-americanas, incluindo a disseminação de notícias falsas na internet.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247