"Quero que me tratem com o respeito que o Brasil merece", diz Lula em recado aos EUA

"O que os Estados Unidos precisam aprender é que o Brasil não é serviçal deles. Não somos quintal de ninguém", afirmou o petista nesta quarta-feira

Lula
Lula (Foto: Reuters | Reprodução/Youtube)


247 - O ex-presidente Lula (PT), favorito para vencer a eleição presidencial deste ano, afirmou nesta quarta-feira (19) em entrevista coletiva à mídia independente em um hotel de São Paulo que exigirá respeito dos Estados Unidos caso volte ao poder e ainda fará com que o país respeite o direito dos brasileiros de crescerem.

"Como é que eu vou tratar os Estados Unidos? Trato com o respeito que eu acho que eles merecem, mas quero que me tratem com o respeito que o Brasil merece. Eles têm que compreender que o Brasil é o país mais importante da América Latina, o maior em população, o maior economicamente e o Brasil tem interesse em crescer junto com todos os países da América Latina e da América do Sul. E o Brasil pode ser um grande protagonista", afirmou.

"O que os Estados Unidos precisam aprender é que o Brasil não é serviçal deles. O Brasil é um país soberano, que define sua política externa. Da mesma forma que o Brasil respeita a política externa dos Estados Unidos, queremos que eles respeitem a política externa do Brasil. É só isso. Não somos quintal de ninguém. Isto vale para os Estados Unidos, para a China, para a Índia e para a Rússia. Respeito é bom, a gente gosta de dar e gosta de receber. É isso que posso falar para os Estados Unidos", finalizou.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247

Cortes 247