Rafael Correa denuncia tentativa de suspensão das eleições no Equador

A denúncia ocorre a poucos dias das eleições em que o povo vai definir o próximo presidente, vice-presidente e membros da Assembleia Nacional e do Parlamento Andino

Rafael Correa, ex-presidente do Equador
Rafael Correa, ex-presidente do Equador (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente equatoriano Rafael Correa denunciou que há planos de suspender as eleições gerais neste país sul-americano no próximo domingo. Em sua conta no Twitter, disse que há uma "nova tentativa de suspender as eleições".

A esse respeito, especificou que agora a tentativa está sendo feita por meio do Tribunal  Eleitoral. 

Segundo a Prensa Latina, na mesma linha, Correa acrescentou que Álvaro Noboa (ex-candidato à presidência) anunciou o adiamento das eleições por dois meses. 

Chama a atenção que tais manobras sejam realizadas em um momento em que a coalizão progressista Unión por la Esperanza (UNES), à qual pertence o ex-chefe de Estado, goza de ampla popularidade, refletida no apoio durante a campanha e nas pesquisas. 

Do exterior, numerosos líderes, intelectuais e figuras políticas latino-americanas também se manifestaram sobre a possibilidade de adiar as eleições no Equador. Entre os mais recentes está o Prêmio Nobel da Paz argentino, Adolfo Pérez Esquivel, que destacou que a democracia está em risco neste país andino.

A denúncia ocorre a poucos dias das eleições em que o povo vai definir o próximo presidente, vice-presidente e membros da Assembleia Nacional e do Parlamento Andino.

Enquanto isso, com a campanha em seus últimos dias (termina nesta quinta-feira), os candidatos das 16 organizações políticas em disputa continuam nas ruas em busca de amarrar o voto de seus seguidores e convencer os indecisos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email