Rohani diz que bloquear ajuda ao Irã é um crime sem precedentes dos EUA

O presidente do Irã, Hassan Rohani, denuncia que impedir a entrega de ajuda humanitária ao seu país por parte dos Estados Unidos é um crime sem precedentes

Rohani diz que bloquear ajuda ao Irã é um crime sem precedentes dos EUA
Rohani diz que bloquear ajuda ao Irã é um crime sem precedentes dos EUA (Foto: Vahid Salemi)

HispanTV - O presidente do Irã, Hassan Rohani, denuncia que impedir a entrega de ajuda humanitária ao seu país por parte dos Estados Unidos é um crime sem precedentes.

Em declarações dadas durante uma reunião com altos funcionários governamentais realizada nesta quarta-feira (3) em Teerã, Rohani criticou energicamente a nova medida anti-iraniana dos EUA, que bloqueia contas bancárias de entidades humanitárias para impedir a chegada de ajuda aos afetados pelas inundações na República Islâmica.

"É um crime sem precedentes prevenir a chegada de ajuda estrangeira ao Irã, e nosso Crescente Vermelho (equivalente à Cruz Vermelha no Oriente Médio) nestas difíceis circunstâncias não pode receber ajuda de outros países", disse o mandatário persa assegurando que o governo fará todos os esforços para dar assistência aos atingidos pelas inundações e compensar suas perdas.

Inclusive os iranianos residentes no exterior não podem enviar ajuda a seus compatriotas, criticou Rohani para logo acrescentar que é imprescindível que a Chancelaria iraniana, assim como as instâncias judiciais sigam o assunto legalmente.

Por sua vez, o presidente do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, Peter Maurer, reprovou na segunda-feira (1º/4) o uso da política na ajuda humanitária e confirmou que as sanções estadunidenses impediram a concessão de assistência aos danificados pelas inundações no Irã, que desde 19 de março último provocaram a morte de 57 pessoas e deixaram 478 feridos, além de grandes perdas materiais.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247