Rússia acusa chefe da ONU de fazer vistas grossas a atrasos de vistos dos EUA

Moscou diz que Washington deliberadamente demorou para emitir vistos a autoridades russas que viajavam para a sede da ONU, o que a Rússia afirma que pode danificar ainda mais relações já tensas

(Foto: Ivan Sekretarev)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Vladimir Soldatkin, da Reuters - O ministério de Relações Exteriores da Rússia acusou o secretário-geral da ONU de fazer vistas grossas ao que Moscou diz ser atrasos na emissão de vistos de autoridades russas querendo viajar para a sede da ONU em Nova York.

Moscou diz que Washington deliberadamente demorou para emitir vistos a autoridades russas que viajavam para a sede da ONU, o que a Rússia afirma que pode danificar ainda mais relações já tensas. 

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, afirmou em um comunicado que algumas autoridades do Ministério da Defesa que deveriam viajar à ONU tiveram que esperar “meses” pelo visto. 

“É visível que tudo isso está acontecendo com a conivência do secretário-geral da ONU, António Guterres, que efetivamente ignora as violações dos Estados Unidos à Carta da ONU”, disse ela. 

A Rússia convocou um diplomata sênior dos EUA em setembro para protestar pelo que afirmou ser a recusa inaceitável de Washington de emitir vistos a membros da delegação russa viajando à Assembleia Geral da ONU.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247