Rússia adverte Pentágono sobre ações agressivas contra seu território

Militares russos mostraram preocupação sobre planos e ações agressivos dos Estados Unidos, voltados para a região de Kaliningrado

Rússia versus Pentágono
Rússia versus Pentágono (Foto: Sputnik)

Sputnik - O Ministério da Defesa da Rússia comentou os planos dos EUA de destruir o sistema de defesa antiaérea da região de Kaliningrado, enfatizando que a região está bem protegida contra quaisquer "planos" agressivos dos generais americanos. 

A Rússia caracterizou como 'leviandade' do comandante da Força Aérea dos EUA os planos do Pentágono de destruir o sistema de defesa antiaérea da região de Kaliningrado. 

A declaração do Ministério da Defesa russo ressalta ainda que esta 'leviandade' deve ser, sim, motivo de preocupação para seus subordinados. 

O Ministério da Defesa da Rússia referia-se à declaração do comandante da Força Aérea americana na Europa e África, general Jeffrey Lee Harrigian. "Se tivermos de ir lá para derrubar, por exemplo, o IADS [Sistema Integrado de Defesa Aérea] de Kaliningrado, não tenhamos dúvidas de que temos um plano para isso... Treinamos para isso. Pensamos nesses planos o tempo todo, e ... se isso vier a se concretizar, estaremos prontos para o executar" disse o general norte-americano.   

Ele notou que a ação norte-americana contra o que chamou de possível agressão russa a partir da região de Kaliningrado seria "multidisciplinar, oportuna e eficaz".  

Harrigian não expôs nenhum detalhe do plano, dizendo somente que esse incluiria ataques aéreos, terrestres, marítimos, espaciais, cibernéticos e eletrônicos.  

A aliança militar Otan vem dando prioridade à região de Kaliningrado. A aliança considera o corredor de Suwalki, de cerca de 60 quilômetros, que liga Kaliningrado à Bielorrússia (ao longo da fronteira entre a Polônia e a Lituânia), um ponto crítico no caso de um conflito militar com a Rússia.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247