Rússia avalia que não é o momento de discutir bases militares russas em Cuba e na Venezuela

“Não acho correto falar sobre isso neste momento porque causa tensões significativas imediatamente", disse Dmitry Medvedev

www.brasil247.com - Dmitry Medvedev
Dmitry Medvedev (Foto: Reuters)


GORKI, TASS – Não há necessidade de discutir a possibilidade de estabelecer bases militares russas em Cuba e Venezuela no momento, porque tais discussões estão causando tensões globais, disse o vice-presidente do Conselho de Segurança russo, Dmitry Medvedev, em entrevista a meios de comunicação russos, incluindo a TASS.

“Não acho correto falar sobre isso neste momento porque, via de regra, causa tensões significativas imediatamente, pelo menos no campo econômico”, ressaltou.

Medvedev ressaltou que o estabelecimento de bases militares em outros países "depende das decisões soberanas desses países". "Temos alguns acordos com alguns países sobre a presença de nossas tropas, principalmente com a Síria e alguns outros estados. No entanto, é totalmente errado antecipar as coisas e dizer que queremos estabelecer uma base em algum lugar ou fizemos um acordo sobre isso porque pode desencadear tensões globais", observou o vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Mantemos relações estreitas com Cuba e Venezuela, eles são nossos parceiros, os países que buscam uma política externa independente. São países absolutamente soberanos. Não podemos implantar nada lá <...> simplesmente porque deveria estar de acordo com sua postura geopolítica e seus interesses nacionais", enfatizou Medvedev.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ao falar sobre os interesses nacionais de Cuba e Venezuela, disse que os dois países "procuram se libertar de seu isolamento e, em certa medida, restabelecer as relações normais com os Estados Unidos". "É por isso que é impossível implantar algo lá ou criar uma base lá, como era a prática na era soviética, quando tínhamos um sistema de defesa comum envolvendo vários países, baseado em uma ideologia comum", disse o vice do Conselho de Segurança russo. presidente concluiu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email