Rússia bombardeia grupos armados sírios apoiados pela Turquia

Em resposta ao ataque de grupos terroristas sírios apoiados pela Turquia em Idlib, caças russos Su-24 destruíram um tanque, seis veículos de combate de infantaria e cinco vans usadas na ofensiva contra as forças sírias

Caça russo em ação na Síria
Caça russo em ação na Síria (Foto: Igor Zarenko/Sputnik)

247 - Unidades do exército sírio combateram os ataques desta quinta-feira (20) por grupos armados no sudeste da província de Idlib, onde fica a cidade de Nairab, informou agência SANA, que descreve os agressores como terroristas.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos afirma que os responsáveis ​​pelo ataque no sudeste de Idlib hoje são "as tropas turcas e facções da oposição". Segundo a entidade, em meio a combates com forças do governo, os atacantes tomaram quase metade da cidade de Nairab sob seu controle e também houve confrontos armados nos arredores de Qumaynas e Sarmin, informa Russia Today.

Segundo o Centro Russo para a reconciliação de partidos beligerantes na Síria, os terroristas conseguiram quebrar a defesa do exército sírio em Idlib com o apoio da Turquia, que, por sua vez, cessou os ataques de artilharia contra tropas do governo depois que a Rússia os detectou e notificou o governo de Erdogan.

Na tentativa de aliviar as tensões na região, Moscou pediu a Ancara que pare de apoiar os terroristas e de lhes fornecer armas.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247