Rússia denuncia que EUA apoiam terroristas na Síria

A Rússia emitiu comunicado em que observa com preocupação que a Casa Branca patrocina terroristas de Jabhat al-Nusra e Kheyat Tahrir al-Sham, fornecendo-lhes o necessário apoio e tentando protegê-los de ataques, embora sejam herdeiros da Al-Qaeda

EUA na Síria
EUA na Síria (Foto: Sputnik)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Prensa Latina - A Rússia denunciou nesta sexta-feira (27) que os Estados Unidos estão abertamente do lado dos terroristas na Síria, ao anunciarem uma nova rodada de sanções. 

Em Washington, foi anunciado publicamente que as sanções deveriam ser uma punição por "organizar o fornecimento de combustível de aviação para as forças russas na Síria", diz uma declaração oficial do Ministério das Relações Exteriores.  

Desde que as forças aéreas russas ajudam as forças do governo sírio na luta contra grupos terroristas a partir de 2015, verifica-se que os Estados Unidos estão do lado de terroristas, denuncia o documento.  

Condenamos veementemente a política cínica de Washington, sublinha a nota do Ministério das Relações Exteriores.  A sanção que os Estados Unidos impuseram na quinta-feira a três cidadãos russos, cinco navios e uma empresa, é a de número 75 desde 2011.  

A Rússia observou com preocupação que a Casa Branca patrocina terroristas de Jabhat al-Nusra e Kheyat Tahrir al-Sham, fornecendo-lhes o necessário apoio e tentando protegê-los de ataques, embora sejam herdeiros da Al-Qaeda, universalmente reconhecidos como terroristas, disse o comunicado.  

Simultaneamente, a Rússia declara que as sanções contra seus cidadãos e empresas não são novidade.   Apesar disso, a luta contra terroristas na Síria continuará, apesar de Washington patrocinar e ocupar ilegalmente parte do território daquele país soberano, diz o documento.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email