Rússia diz que ataques de Israel contra Síria ameaçaram voos civis

O Ministério de Defesa da Rússia disse nesta quarta-feira (26) que mísseis lançados por Israel contra a Síria no dia anterior ameaçaram diretamente dois voos civis, relatou a agência de notícias Interfax

Rússia diz que ataques de Israel contra Síria ameaçaram voos civis
Rússia diz que ataques de Israel contra Síria ameaçaram voos civis
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com Reuters - O Ministério de Defesa da Rússia disse nesta quarta-feira (26) que mísseis lançados por Israel contra a Síria no dia anterior ameaçaram diretamente dois voos civis, relatou a agência de notícias Interfax.

O ministério acrescentou que a defesa aérea da Síria destruiu 14 dos 16 mísseis lançados por Israel contra alvos não especificados perto de Damasco na terça-feira.

O Exército israelense se recusou a comentar o lançamento dos mísseis e as informações russas.

Falando em uma cerimônia de graduação de novos pilotos na base aérea de Israel nesta quarta-feira, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu não se referiu diretamente aos ataques ou às críticas de Moscou.

Porém reiterou que a intenção de Israel é impedir "o entrincheiramento militar iraniano, que é dirigido contra nós" na Síria.

"Nós vamos agir contra isso, vigorosa e continuamente, incluindo durante o atual período", disse Netanyahu.

A força aérea israelense atingiu vários alvos que descreve como desdobramentos iranianos ou transferências de armas para o movimento libanês Hezbollah, apoiado pelo Irã, no conflito sírio.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email