Rússia diz que Israel não deve resolver seus problemas atacando a Síria

O embaixador da Rússia em Tel Aviv disse que Israel pretende resolver seus problemas de segurança interna às custas de outros países; em entrevista à agência oficial russa de notícias Tass, o embaixador Anatoly Viktorov aconselha as autoridades israelenses a abandonarem suas políticas destrutivas baseadas em resolver os problemas de segurança interna às custas dos outros, em particular atacando a Síria

Rússia diz que Israel não deve resolver seus problemas atacando a Síria
Rússia diz que Israel não deve resolver seus problemas atacando a Síria

247, com HispanTV - O embaixador da Rússia em Tel Aviv disse que Israel pretende resolver seus problemas de segurança interna às custas de outros países. Em entrevista à agência oficial russa de notícias Tass, o embaixador Anatoly Viktorov aconselha as autoridades israelenses a abandonarem suas políticas destrutivas baseadas em resolver os problemas de segurança interna às custas dos outros, em particular atacando a Síria.

"Consideramos que é necessário respeitar incondicionalmente a soberania e a integridade territorial da Síria, um membro de pleno direito da a ONU, afirmou Viktorov.

O diplomata declarou que a Rússia comunica sua posição sobre os frequentes ataques do regime israelense contra a Síria, tanto através de canais diplomáticos como pelos meios de comunicação.

O Ministério da Defesa da Síria confirmou o ataque levado a cabo na quarta-feira (6) por Israel contra uma instalação militar nas proximidades de Damasco, e assegurou que a ofensiva israelense anima os terroristas.

Viktorov também se referiu às alegações dos israelenses, segundo as quais o regime de Tel Aviv está trabalhando contra a presencia do Irã na Síria. Nesse contexto, o embaixador russo pediu a Israel que "evite qualquer ação que possa levar a uma maior complicação da situação".

O Irã advertiu Tel Aviv de que dará "uma resposta definitiva" a suas ofensivas aéreas que, de fato, provocaram a morte de alguns assessores iranianos que têm presença na Síria a pedido do governo sírio para lutar contra os grupos terroristas.

Desde a eclosão do conflito na Síria em 2011, Israel tem lançado também frequentes ataques aéreos e de artilharia contra as posições do Exército sírio para apoiar os terroristas e frear as vitórias do povo diante dos grupos terroristas.

O embaixador da Síria na ONU, Bashar al-Jafari, advertiu que Damasco não ficará de braços cruzados e responderá com um ataque ao aeroporto de Tel Aviv, se os caças israelenses voltarem a atacar a Síria de novo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247