Rússia envia tropas especiais à Síria para batalha de Idlib

Os chamados "rebeldes" sírios afirmam que a Rússia enviou forças especiais para lutar, juntamente com o exército sírio, no campo de batalha em Idlib

Soldado russo na Siria
Soldado russo na Siria

HispanTV - Os chamados "rebeldes" sírios afirmam que a Rússia enviou forças especiais para lutar, juntamente com o exército sírio, no campo de batalha em Idlib.  

Comandantes de grupos armados disseram que é a primeira vez que Moscou envia tropas terrestres para campo de batalha, no âmbito da campanha que começou no final de abril para eliminar os terroristas em Idlib, informou a agência de notícias britânica Reuters na quarta-feira (17).  

"Essas forças especiais russas estão agora presentes no campo de batalha. Os russos estão intervindo diretamente agora ", disse Nayi Mustafa, um porta-voz da chamada Frente de Libertação Nacional da Síria - pertencente ao chamado Exército Sírio Livre.   

Na verdade, ele explica que as forças terrestres russas entraram no campo de batalha para ajudar as forças sírias que estavam procurando desde a semana passada retomar o controle da cidade de Hamamiyat, no norte do campo de Hama.  Estas forças especiais russas estão agora presentes no campo de batalha. Os russos estão agora envolvidos diretamente "na operação antiterrorista na província síria de Idlib, disse Naji Mustafa, porta-voz da chamada Frente Nacional de Libertação da Síria-filiado ao chamado Exército Livre Sírio.  

O Exército russo na quarta-feira bombardeou posições dos chamados rebeldes em Idlib, uma província no noroeste da Síria, por sua tentativa de infiltração.   "Quando as forças do (presidente sírio Bashar) Al-Asad não avançaram, a Rússia interveio diretamente (...) após bombardear a área, disse Mustafá.   Apesar do apoio estrangeiro recebido por grupos terroristas, o exército sírio conseguiu recuperar a maior parte das áreas que caíram nas garras de extremistas e está a realizar uma operação para libertar o norte da província de Idlib, considerado o reduto mais importante dos grupos armados no país.  

Nas últimas semanas, as forças sírias e russas conseguiram recuperar várias áreas em Idlib que estavam sob o controle da Frente Al-Nusra (auto-intitulado Frente Fath Al-Sham).  Damasco insiste que vai libertar a província de Idlib e que a vitória operação antiterrorista nessa província é apenas uma questão de tempo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247