Rússia mostra o que é ajuda humanitária e envia 7,5 toneladas de medicamentos à Venezuela

O presidente Nicolás Maduro informou que o país recebeu 7,5 toneladas de medicamento enviados pela Rússia; ele denuncia o bloqueio importo pelo governo dos EUA, que classifica como "perseguição econômica; "Afortunadamente temos bons amigos no mundo e contamos com o apoio do sistema das Nações Unidas", enfatizou

Rússia mostra o que é ajuda humanitária e envia 7,5 toneladas de medicamentos à Venezuela
Rússia mostra o que é ajuda humanitária e envia 7,5 toneladas de medicamentos à Venezuela

247 - Enquanto os EUA ameaça invadir a Venezuela sob o pretexto de "ajuda humanitária", o presidente Nicolás Maduro informa que mais de 7,5 toneladas de medicamentos foram enviados pelo governo russo para atender a população, sem que para isso precisasse desrespeitar a soberania do país.

"Já estão na Venezuela 7,5 toneladas de medicamentos e insumos médicos que pagamos com dinheiro da República para o benefício do povo. Graças à cooperação internacional da Organização Panamericana de Saúde e da Federação Russa. Vitória contra o bloqueio imperial!", escreveu o presidente em sua página nas redes sociais.

Maduro realizou uma reunião de trabalho com a equipe do Ministério da Saúde venezuelano, além de representantes da Rússia, Cuba e da Organização Panamericana de Saúde (OPS).

O presidente denunciou ainda que existe uma perseguição econômica contra a Venezuela por parte do governo de Donald Trump. Segundo ele, o bloqueio imposto pelo governo norte-americano prejudica a aquisição de medicamentos.

"Afortunadamente temos bons amigos no mundo e contamos com o apoio do sistema das Nações Unidas", enfatizou.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247