Rússia não reconhece governo autoproclamado da Bolívia

Maria Zakharova, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, disse que seu país não reconhece como legítimo o governo que se instalou na Bolívia. Isso só poderá ocorrer "depois das eleições", afirmou

Maria Zakharova
Maria Zakharova (Foto: Sputnik / Alexander Vilf)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, descartou nesta quinta-feira (14) que o governo  instalado na Bolívia seja reconhecido como legítimo pela Rússia, informou a Telesur.

Zakharova declarou que a posição da Rússia não se baseia em "reconhecer o que aconteceu na Bolívia como um processo legítimo" e reconheceu as tentativas do Presidente Evo Morales de encontrar "soluções construtivas baseadas no diálogo", mas que foram arrastadas pelo "desenvolvimento dos eventos de acordo com um golpe de estado orquestrado ".

"Assumimos que uma designação e, o mais importante, a legitimidade de um chefe de Estado devem aderir às normas legislativas da Constituição do país e servir para unir a nação e não dividi-la", afirmou.

Segundo o jornalista Rolando Segura, da Telesur, Zakharova disse que somente poderá se falar de poder legítimo na Bolívia depois das eleições.

No entanto, Zakharova não descartou trabalhar com a senadora Jeanine Añez como "líder da Bolívia".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247