Rússia reduz em US$ 81 bilhões ativos em títulos dos EUA

Desde abril deste ano, a Rússia reduziu os ativos em títulos do governo dos EUA de US$ 96 bilhões (R$ 369,7 bilhões) para US$ 15 bilhões (R$ 56,2 bilhões), causando a elevação das taxas de juros norte-americanas, segundo o portal Business Insider; isso causa descontentamento de Donald Trump, pois empréstimos caros limitam o crescimento da economia dos EUA, e essa era a principal promessa pré-eleitoral do atual chefe da Casa Branca

Rússia reduz em US$ 81 bilhões ativos em títulos dos EUA
Rússia reduz em US$ 81 bilhões ativos em títulos dos EUA

Sputnik Brasil - Rússia encontrou o ponto fraco dos EUA ao começar a se livrar dos títulos públicos norte-americanos, noticia o portal Business Insider.

Desde abril deste ano, a Rússia reduziu os ativos em títulos do governo dos EUA de US$ 96 bilhões (R$ 369,7 bilhões) para US$ 15 bilhões (R$ 56,2 bilhões), causando a elevação das taxas de juros norte-americanas, segundo a publicação.

Isso causa descontentamento de Donald Trump, pois empréstimos caros limitam o crescimento da economia dos EUA, e essa era a principal promessa pré-eleitoral do atual chefe da Casa Branca.

A Rússia teve muitos motivos para abandonar os títulos, observa o portal. Moscou não descarta que, depois das sanções antirrussas adotadas no início de abril, medidas restritivas podem se estender ao comércio de títulos norte-americanos. Além disso, a redução desses ativos permite que a Rússia fortaleça o rublo (moeda nacional) e diversifique as reservas cambiais.

No entanto, Pequim é uma ameaça muito maior para Washington, acredita o Business Insider. Se a China começar a se livrar dos títulos dos EUA, as consequências para a economia norte-americana serão muito sérias.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247