Saiba mais sobre o drone dos EUA que teria matado Soleimani

Segundo agência de notícia, o drone MQ-9 Reaper, que pode atingir velocidade máxima de 440 km/h, foi a plataforma usada no ataque contra o general iraniano Qassem Soleimani

Drone MQ-9 Reaper
Drone MQ-9 Reaper (Foto: Força Aérea dos EUA / Tenente-coronel Leslie Pratt)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik Brasil - Capaz de carregar diferentes tipos de mísseis e projetado para realizar diversas missões, o MQ-9 Reaper é uma aeronave não tripulada dirigida remotamente por um piloto e um operador de sensores.

Conforme publicou a agência AFP em sua conta no Twitter, citando um funcionário da Defesa dos EUA, o ataque que vitimou fatalmente o general iraniano Qassem Soleimani foi perpetrado por um MQ-9Reaper.

Características

O drone foi desenvolvido pela General Atomics Aeronautical Systems e entrou em serviço no ano de 2007. Logo após seu comissionamento, o aparelho foi empregado no Afeganistão.

De acordo com o portal Military.com, a aeronave pode ser usada em missões de inteligência, apoio, patrulhamento, busca e resgate e ataques cirúrgicos.

Munido com diferentes sistemas de visão, o aparelho conta com sensor infravermelho, iluminador e mira a laser, servindo esta para auxiliar munições guiadas por laser.

Além disso, o MQ-9 Reaper é impulsionado por um motor de 900 cavalos e pode atingir uma velocidade máxima de 440 km/h.

A aeronave também pode atingir altitude de mais de 13.700 metros e tem um alcance de 1.850 km.

Seu armamento é composto por mísseis Hellfire AGM-114, bombas guiadas por laser GBU-12 Paveway II e bombas GBU-38.

Além das 93 unidades pertencentes às Forças Armadas americanas, a Itália e o Reino Unido também contam com este drone.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247