‘Se acabou o tempo de nos atacar e de fugir’, diz líder supremo do Irã

"Se acabou o tempo de nos atacar e de fugir. Seus ataques serão respondidos com ataques", avisou o líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, comentando os bombardeios efetuados na Síria no domingo (29), informou o jornalista israelense Amichai Stein

"Se acabou o tempo de nos atacar e de fugir. Seus ataques serão respondidos com ataques", avisou o líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, comentando os bombardeios efetuados na Síria no domingo (29), informou o jornalista israelense Amichai Stein
"Se acabou o tempo de nos atacar e de fugir. Seus ataques serão respondidos com ataques", avisou o líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, comentando os bombardeios efetuados na Síria no domingo (29), informou o jornalista israelense Amichai Stein (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Sputnik - "Se acabou o tempo de nos atacar e de fugir. Seus ataques serão respondidos com ataques", avisou o líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, comentando os bombardeios efetuados na Síria no domingo (29), informou o jornalista israelense Amichai Stein.

Além disso, o líder supremo iraniano declarou que "onde quer que Washington entre, cria instabilidade e traz miséria às pessoas e, por isso, os EUA devem se retirar do Sudoeste Asiático; os EUA devem abandonar essa região". 

Na noite do domingo (29) a agência síria Sana citou uma fonte militar que confirmou "uma nova agressão com mísseis inimigos" cujo alvo foram posições militares em Hama e Aleppo.

Segundo algumas fontes, o ataque casou a morte de vários militares iranianos e Israel poderia ter estado por trás de ataque, embora não exista confirmação oficial dessa suposição.

No domingo, o ministro da Defesa de Israel, Avigdor Lieberman, disse que o país irá manter sua "liberdade de operação" na Síria.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247