Se Bolsonaro for eleito, plano B é fugir para Portugal

De acordo com o site português Observador, "o número de pedidos de nacionalidade e solicitações de vistos para Portugal na unidade consular da cidade de brasileira de São Paulo disparou em 2018 — mais 34% só entre janeiro e setembro; pois os brasileiros estão receosos com um possível aumento da violência após as eleições presidenciais de 28 de outubro

Se Bolsonaro for eleito, plano B é fugir para Portugal
Se Bolsonaro for eleito, plano B é fugir para Portugal

247 - De acordo com o site português Observador, "o número de pedidos de nacionalidade e solicitações de vistos para Portugal na unidade consular da cidade de brasileira de São Paulo disparou em 2018 — mais 34% só entre janeiro e setembro. Procurar por um passaporte português passou a ser um plano alternativo, nas últimas semanas, para brasileiros que, receando o aumento da violência após as eleições presidenciais de 28 de outubro, equacionam deixar o país".

A reportagem conversou com Carolina Barres, de 33 anos, que possui nacionalidade brasileira e portuguesa e disse que sua companheira entrará "com o pedido de nacionalidade portuguesa por motivo de segurança, caso precisem sair do país para escapar à violência contra casais homossexuais. ´Tenho a cidadania e o passaporte português. De facto, se precisarmos de sair do Brasil, a Fernanda poderá, a partir do reconhecimento da nossa união de facto, pedir os documentos para viver e trabalhar em Portugal legalmente´, frisou. ´Tenho medo de viver no Brasil porque sou mulher, gay, trabalho com arte, cinema e teatro e posso sofrer represálias num eventual governo liderado por Jair Bolsonaro [candidato de extrema-direita]´, acrescentou".

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247