Se o governo Bolsonaro não condenar ataque ao Capitólio, haverá prejuízo na relação com o Brasil, diz senador dos EUA

"Esses eventos foram atos de terrorismo doméstico que resultaram em várias mortes e não foram, como disse o ministro Araújo, atos de 'bons cidadãos'", afirmou o senador democrata Robert Menendez em referência ao ataque de apoiadores de Donald Trump ao Capitólio

Senador democrata Robert Menendez
Senador democrata Robert Menendez (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da comissão de Relações Exteriores do Senado americano, o senador democrata Robert Menendez, enviou nesta sexta-feira (12) uma carta a Jair Bolsonaro cobrando que ele e o chanceler Ernesto Araújo "condenem" e "rejeitem categoricamente" os ataques de partidários do ex-presidente Donald Trump ao Capitólio em 6 de janeiro. Se não houver o reconhecimento, haverá "prejuízo para a relação bilateral", acrescentou o parlamentar. A informação foi publicada pelo jornal Folha de S.Paulo.

"Esses eventos foram atos de terrorismo doméstico que resultaram em várias mortes e não foram, como disse o ministro Araújo, atos de 'bons cidadãos'", diz o senador na carta. "O ministro Araújo está essencialmente priorizando a relação do governo brasileiro com uma facção radical do espectro político americano", complementou.

Segundo a carta, as críticas de Bolsonaro sobre eventual fraude na eleição presidencial dos EUA demonstraram "apoio de seu governo a teorias da conspiração furadas e aos terroristas domésticos" que atacaram o Capitólio e ameaçaram "minar a parceria entre os Estados Unidos e o Brasil".

A missiva foi enviada um dia depois de Ernesto Araújo e o secretário de Estado americano, Anthony Blinken, terem o primeiro diálogo por telefone desde que Joe Biden assumiu a Casa Branca. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email