Secretário de Defesa diz que ameaças aos EUA terão 'resposta militar massiva'

Toda ameaça para os Estados Unidos ou aos seus aliados terá uma "resposta massiva", disse o secretário de Defesa do país, Jim Mattis, após reunião com o presidente dos EUA, Donald Trump, e o vice-presidente, Mike Pence, dedicada ao mais recente teste nuclear da Coreia do Norte. "Contamos com muitas opções militares e o presidente [Trump] queria ser informado sobre cada uma delas. Deixamos claro que temos a capacidade de nos defender, bem como de defender os nossos aliados — Coreia do Sul e Japão — de qualquer ataque", disse"

Toda ameaça para os Estados Unidos ou aos seus aliados terá uma "resposta massiva", disse o secretário de Defesa do país, Jim Mattis, após reunião com o presidente dos EUA, Donald Trump, e o vice-presidente, Mike Pence, dedicada ao mais recente teste nuclear da Coreia do Norte. "Contamos com muitas opções militares e o presidente [Trump] queria ser informado sobre cada uma delas. Deixamos claro que temos a capacidade de nos defender, bem como de defender os nossos aliados — Coreia do Sul e Japão — de qualquer ataque", disse"
Toda ameaça para os Estados Unidos ou aos seus aliados terá uma "resposta massiva", disse o secretário de Defesa do país, Jim Mattis, após reunião com o presidente dos EUA, Donald Trump, e o vice-presidente, Mike Pence, dedicada ao mais recente teste nuclear da Coreia do Norte. "Contamos com muitas opções militares e o presidente [Trump] queria ser informado sobre cada uma delas. Deixamos claro que temos a capacidade de nos defender, bem como de defender os nossos aliados — Coreia do Sul e Japão — de qualquer ataque", disse" (Foto: Paulo Emílio)

Sputnik - Toda ameaça para os Estados Unidos ou aos seus aliados terá uma "resposta massiva", disse o secretário de Defesa do país, Jim Mattis, neste domingo. "Qualquer ameaça para os Estados Unidos ou seus territórios, incluindo Guam, ou nossos aliados, terá uma massiva resposta militar, eficaz e esmagadora ", disse Mattis após reunião com o presidente dos EUA, Donald Trump, e o vice-presidente, Mike Pence, dedicada ao mais recente teste nuclear da Coreia do Norte.

"Contamos com muitas opções militares e o presidente [Trump] queria ser informado sobre cada uma delas. Deixamos claro que temos a capacidade de nos defender, bem como de defender os nossos aliados — Coreia do Sul e Japão — de qualquer ataque. Os nossos compromissos com os aliados são inabaláveis", declarou Mattis.

"Não estamos buscando uma aniquilação total do país, da Coreia do Norte. Porém, como eu disse, temos muitas opções para fazer isso", ressaltou o chefe do Pentágono.

Neste domingo, as autoridades da Coreia do Norte declararam sobre um bem-sucedido teste de uma bomba de hidrogênio. Pyongyang manifestou a intenção de instalar ogivas desse tipo em seus mísseis balísticos intercontinentais. A ordem de realizar o teste foi dada pelo líder norte-coreano, Kim Jong-un. De acordo com Pyongyang, o teste não provocou vazamento de radiação, nem outros efeitos negativos para o meio-ambiente.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247