Sem amparo legal, governo do Reino Unido considera apreender ativos russos congelados

A medida, defendida neste domingo (3), não possui base em nenhuma legislação vigente

www.brasil247.com - Liz Truss, secretária de Relações Exteriores do Reino Unido
Liz Truss, secretária de Relações Exteriores do Reino Unido (Foto: Reuters)


Sputnik - A secretária de Relações Exteriores do Reino Unido, Liz Truss, não exclui a apreensão de bens congelados de cidadãos russos no Reino Unido e sua transferência para a Ucrânia.

A medida, defendida neste domingo (3), não possui base em nenhuma legislação vigente.

"Apoio o conceito. Estamos analisando muito de perto. Na verdade, os canadenses acabaram de aprovar uma legislação. Esta é uma questão na qual estamos trabalhando em conjunto com o Ministério do Interior e o Tesouro, mas certamente concordo com o conceito. Só precisamos acertar as especificidades disso", disse Truss aos membros do Parlamento na semana passada, conforme descreveu o jornal The Guardian no domingo (3).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A secretária de Relações Exteriores especificou que a apreensão de ativos russos congelados pelo governo do Reino Unido "provavelmente" precisaria de certa legislação para ser aprovada, mas não necessariamente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Truss expressou apoio à ideia de que os fundos possam ser redistribuídos aos ucranianos que foram afetados negativamente pela operação militar especial da Rússia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email